Páginas

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

O fruto da roseira

Quando minha roseira floriu, quanta alegria, coisa linda de se ver. Um caso de sucesso após ser cortada no talo para poder mudar de casa. Depois que as flores secaram e tal, veio a dúvida “Podar ou não podar?” Sei que se podar errado, já era, você fica um bom tempo sem flores. Então fui deixando, deixando, mas a planta fica feia, parece que ninguém cuida dela rs....

Bom, durante minhas pesquisas no mundo mágico sobre “como podar roseira” encontrei alguns blogs dizendo que se você não cortar esse galho que floriu, logo após o outono, ele se transforma num fruto, o “fruto da roseira”.

Juntei a fome com a vontade de comer, ou melhor, o medo com a curiosidade, e não podei a roseira. A título de estudo, aguardei para ver os resultados kkkkk.... E não é que deu certo!



O centro da flor parece que vai “amadurecendo”, muda de cor, e fica realmente com aspecto de um fruto. Esse fruto contém semente, mas raramente vingará por ser um fruto estéril.

Li também que o fruto da roseira é rico em vitamina C, que se pode fazer chá ou usá-lo em receitas. Não, não vou comer, nem fazer chá, nem nenhum tipo de ingestão ou uso desse fruto. Do jeito que sou zica capaz de dar alergia, revertério, essas coisas que nenhum médico descobre e não acusa em exames.


Deixa o pseudo caqui lá que tá “exótico”  ;)



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário